Você está aqui: Página Inicial > Sobre PPG-CINEAV > Corpo Docente

Corpo Docente

por Henrique Maschio última modificação 10/11/2021 10h08

Ana Flávia Merino Lesnovski

Ana Flávia Merino Lesnovski

Doutora em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, mestre em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná e bacharel em Comunicação Social - habilitações em Jornalismo e Publicidade e   Propaganda pela Universidade Federal do Paraná. Docente adjunta na Universidade Estadual do Paraná  -  Campus Curitiba II. Docente do Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo - Unespar. Pesquisadora na área do cinema, narrativas interativas e arte e tecnologia. Líder do Grupo de Pesquisa Kinedária. Integrante do Grupo de Pesquisa Núcleo de Arte e Tecnologia (NAT.FAP). Coordenadora do Laboratório Permanente de Estudo e Criação em Arte e Eletrônica - Ste(A)mLab (UNESPAR/FAP). Artista multimídia, atua como editora de vídeo e na área de arte eletrônica e interatividade.

 


Beatriz Avila VasconcelosBeatriz Avila Vasconcelos

Doutora em Letras Clássicas pela Universidade Humboldt de Berlim. Seus interesses de pesquisa abrangem as relações do cinema com outras artes, em especial com a poesia. Dedica-se a teorizações e estéticas de cineastas, com particular interesse em concepções sobre o poético no cinema e sobre regimes poéticos da imagem em movimento. É fascinada pela linguagem, sobretudo quando ela permite silêncio. Escreve poesia e dramaturgia, aguardando a hora e o agora. Ama gatos e outros mistérios.

  


Claudia PrioriClaudia Priori

Professora Adjunta do Curso de Licenciatura em Artes Visuais, da Universidade Estadual do Paraná, Campus de Curitiba II. Doutora em História (UFPR/2012). Docente no Programa de Pós-Graduação em Cinema e Artes do Vídeo, da Universidade Estadual do Paraná, Campus de Curitiba II. Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação, Diversidade e Cultura (GEPEDIC/CNPq), da Universidade Estadual do Paraná. Membro do Grupo de Pesquisa EIKOS: imagem e experiência estética (UNESPAR/CNPq). Tem experiência na área de história, com ênfase nos seguintes temas: história das mulheres; estudos de gênero; violência; artes e relações de gênero.

  


 

Cristiane do Rocio Wosniak

Cristiane do Rocio Wosniak

Linha de pesquisa: Processos de Criação no Cinema e nas Artes do Vídeo
Áreas de pesquisa e orientação:
- Corpo e Dança no Cinema
- Corpo e Dança nas Artes do Vídeo
- Teoria de Cineastas e Crítica de Processos aplicadas às audiovisualidades híbridas: videodança; videoclipe; videogame; spots publicitários videodançantes
Doutora e mestra em Comunicação e Linguagens (Estudos de Cinema e Audiovisual) pela UTP. Especialista em Artes (FAP). Vice-coordenadora do PPG-CINEAV (Unespar/FAP). Docente adjunta da Unespar vinculada ao colegiado do curso de Bacharelado em Cinema e Audiovisual onde leciona as disciplinas de Linguagem Audiovisual II e Semiótica. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Educação da UFPR (linha: LiCorEs). Pesquisadora dos GPs: CineCriare – Cinema: criação e reflexão (Unespar/PPG-CINEAV/CNPq) e ELiTe – Laboratório de Estudos em Educação Performativa, Linguagem e Teatralidades (UFPR/PPGE/CNPq).
Projeto de pesquisa atual: CORPO, LINGUAGEM E EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE CRIAÇÃO NAS AUDIOVISUALIDADES CONTEMPORÂNEAS VINCULADAS À DANÇA E À PEDAGOGIA DA UBIQUIDADE.

  


Débora Regina OpolskiDébora Opolski

Doutora em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), com a tese "A fragmentação da performance vocal do personagem no cinema a partir da perspectiva da edição de diálogos" (2017). Bolsista Capes/Fulbright na University of Southern California (USC), School of cinematic Arts, entre agosto de 2015 e abril de 2016. Pesquisa sobre processos de criação e produção sonora, captação e edição de som para cinema e artes do vídeo. Autora do livro "Introdução ao desenho de som", publicado pela editora da UFPB em 2013. É apaixonada pela sonoridade da fala e pelas performances vocais.

 


Eduardo Tulio BaggioEduardo Tulio Baggio

Professor do Bacharelado em Cinema e Audiovisual e do Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo, ambos da Unespar (Universidade Estadual do Paraná). É doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP com a tese “Da teoria à experiência de realização do documentário fílmico”. Integrante dos grupos de pesquisa “Cinecriare – Cinema: Criação e Reflexão” (Unespar/CNPq) e “Eikos: imagem e experiência estética” (Unespar/CNPq). Integra também o ST Teoria de Cineastas da Socine (Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual) desde 2016 e o GT Teoria dos Cineastas da AIM (Associação de Investigadores da Imagem em Movimento de Portugal) desde 2015. Atualmente desenvolve pesquisa intitulada “Cineastas – do conceito de autoria aos processos de criação artística no Cinema” e, paralelamente, estuda o cinema dos primeiros tempos no Paraná. Tem textos resultados de suas pesquisas publicados em revistas como Aniki, Cine Documental, Cognítio, Doc On-line, InTexto, Revista Livre de Cinema, Vazantes, entre outras. É um dos organizadores dos livros “Teoria dos cineastas, Vol.1 - Ver, ouvir e ler os cineastas”, “Teoria dos cineastas, Vol.2 - Propostas para a teoria do cinema” e "Teoria dos cineastas, Vol. 3 - Revisitar a Teoria do Cinema". Atua ainda como cineasta documentarista, entre seus filmes destacam-se A Alma do Gesto (2020), João & Maria (2016), Santa Teresa (2014) e Traço Concreto (2013).

  


Fábio Jabur de NoronhaFábio Noronha

Artista visual e professor no Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo (PPG-CINEAV: 2018-atual) e na graduação em Artes Visuais (BAV: 1996-atual) na Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR), onde Coordena o Laboratório Experimental de Vídeo (L.EX.VIDEO: 2016-atual). Tem especialização em História da Arte do Século XX (UNESPAR: 2001/2), mestrado e doutorado em Poéticas Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS: 2005/6-2009/13). Participou de exposições nas principais instituições brasileiras, tais como Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e de São Paulo, MASP em São Paulo, MON em Curitiba. A partir dos anos 2000 passou a distribuir seus trabalhos gratuitamente na Internet. Na universidade, desde 2014, desenvolve a pesquisa Revista ARMINHA. A série de revistas é resultado do seu trabalho como artista e pesquisador junto ao GP Kinedária (PPG-CINEAV/Linha 2). Suas pesquisas têm foco em videoarte, videoperformance e na leitura crítica das políticas de uso e termos privacidade dos contratos da redes sócio-técnicas – como eles regulam diferentes aspectos de nossas rotinas diárias? O projeto editorial da revista desdobra-se das tradições da colagem e da montagem do início do século XX. LINK: Revista ARMINHA Desde 2015 coordena o projeto independente de residência artística Oi_Monstro. Ver: @monstro_res

 


Maria Cristina MendesMaria Cristina Mendes

Doutora (2014) e Mestre (2010) em Comunicação e Linguagens, na linha de pesquisa Cinema e Audiovisual, na Universidade Tuiuti do Paraná. Especialista em História da Arte do Século XX (2000) e Bacharel em Pintura (1984), ambos na Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Docente no Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo da Faculdade de Artes do Paraná/ UNESPAR e no curso de Licenciatura em Artes Visuais na Universidade Estadual de Ponta Grossa. Participa dos seguintes grupos de pesquisa da CNPq: Eikos - Imagem e Experiência Estética (FAP/ UNESPAR), Educação Estética, trabalho e sociedade (UTP) e Interart – interação entre arte, ciência e educação: diálogos e interfaces com as Artes visuais (UEPG). Atualmente desenvolve pesquisa sobre  poéticas artísticas e adaptações cinematográficas realizadas a partir da literatura.

 


Pedro PlazaPedro Plaza

Atua como professor colaborador no Programa de Pós-Graduação em Cinema e Artes do vídeo da UNESPAR. É Professor Associado no Departamento de História, no Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e no curso de História - memória e imagem na mesma universidade. Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (2008). Pós-doutor pelo Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, da Universidade de Coimbra (2019). Foi membro fundador da Cia de Teatro Nu Escuro (Goiânia), ator-pesquisador e articulador do movimento de teatro de grupos no estado de Goiás (1996-2004). Participou voluntariamente do projeto de descrição do Arquivo de Paulo Emilio Salles Gomes, na Cinemateca Brasileira (2005-2006). Tem experiência em docência no ensino superior desde 2003, com especial atenção aos estudos do cinema brasileiro - teoria e crítica. Realiza pesquisas principalmente na área de história, crítica e estética cinematográfica, com incursões no teatro e na literatura e ênfase na arte e estética brasileiras.

 


Pedro Faissol

Professor colaborador do Bacharelado em Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual do Paraná e Docente do Programa de Pós-Graduação em Cinema e Artes do Vídeo (PPG-CINEAV/Unespar). Membro do Grupo de Pesquisa EIKOS - Imagem e Experiência Estética (CNPq/Unespar). Doutor e Mestre em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), com período sanduíche na Université Sorbonne Nouvelle - Paris III. Bacharel em Comunicação Social (habilitação Cinema) pela Universidade Federal Fluminense (IACS/UFF). 

 

 

Rafael Tassi TeixeiraRafael Tassi

Pós-Doutor em Cinema e Audiovisual (Universitat Autònoma de Barcelona - UAB; 2018). Doutor em Sociologia pela Universidad Complutense de Madrid (UCM; 2004). Professor Adjunto do Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo (PPGCINEAV\UNESPAR). Professor Adjunto da UNESPAR, Campus Curitiba II (Sociologia da Arte, Estudos Visuais). Líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) Eikos - Imagem e Experiência Estética. Seus estudos abrangem a área do cinema, identidade, e memória; cinema ibero-americano; fotografia e memória; artes visuais; etc. É autor de vários artigos científicos em revistas qualis Capes periódicos, e dos livros 'Cine Diaspórico Iberoamericano: Fronteras, Itinerarios y Transculturalismos' (Barcelona: UOC, 2016) e 'Arte e Holocausto: Da Produção da Memória à Escrita Fílmica e Fotográfica nas Representações sobre Auschwitz' (Porto Alegre: Sulina, 2019). É organizador, junto com Denise Cogo, do 'Guia de Cinema e Migrações Transnacionais' (Roraima: UFRR, 2018). Dedica-se, atualmente, no andamento de dois projetos de pesquisa: 'Deveres de Memória, Dilemas Representacionais: Dos Limites entre Arte, Exposição e Testemunho' e 'Arte e Refúgio: mediações interculturais e estudos diaspóricos'.

 


Rosane_KaminskiRosane Kaminski

Pós-Doutora em Meios e Processos Audiovisuais (USP), Doutora em História (UFPR), Professora Associada do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PPGHIS-UFPR), Professora Colaboradora do Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo (CINEAV) da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR). É autora de Artes & Violências (Org. Intermeios, 2020), A formação de um cineasta: Sylvio Back na cena cultural de Curitiba nos anos 1960 (Ed. UFPR, 2018), Imagem, narrativa e subversão (Org. Intermeios, 2016), Arte e política no Brasil (Org. Perspectiva, 2014) e História e Arte: encontros disciplinares (Org. Intermeios, 2013). É autora, ainda, de Poética da angústia: cinema e história em Sylvio Back, com previsão de publicação em 2021 (Intermeios). Realizou pesquisas sobre periódicos ilustrados publicados em Curitiba, sobre artes visuais no Paraná, sobre cinema brasileiro moderno, e sobre os curtas-metragens brasileiros produzidos nos anos 1980-90, em suas relações com a violência. Atualmente, desenvolve a pesquisa intitulada "Cinema, artes visuais e violência no Brasil dos anos 1980-90".

 


PPG-CINEAVSandra Fischer

Doutora em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (Eca-USP, 2002), com pós-doutorado em Cinema pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Eco-UFRJ, 2009). Possui mestrado em Letras/Literaturas de Língua Inglesa (Universidade Federal do Paraná / UFPR, 1989) e graduação em Letras Inglês (UFPR, 1986); é especialista em Planejamento e Administração Pública (Fundação Getúlio Vargas / FGV, 1997), tecnóloga em Desenho Industrial (Universidade Tecnológica Federal do Paraná / UTFPR, 1979). Coordenadora (2013-2015 / 2017- ) do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Linguagens da Universidade Tuiuti do Paraná (PPGCom//UTP), no qual atua como pesquisadora e docente; como professora colaboradora, atua no Mestrado em Cinema e Artes do Vídeo da Universidade Estadual do Paraná (CineAv/Unespar). É assessora ad hoc/parecerista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo/Fapesp, membro pesquisador do Centro de Pesquisas Sociossemióticas (PUC/SP:COS-USP:FFLCH-CNRS:FNSP); membro do conselho editorial de diversos periódicos científicos, de 1999 até 2005 foi coordenadora editorial da Significação - Revista Brasileira de Semiótica (hoje Significação - Revista de Cultura Audiovisual) . Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Comunicação Visual, e também na área de Artes. Atua principalmente nos seguintes temas: cinema contemporâneo; cinema brasileiro contemporâneo; expressividades poéticas no cinema; ficção televisiva; figurino, moda e design de moda.